Faz tempo que não publico nada no blog… É… de novo aquela velha história de falta de tempo, compromissos, tarefas, isso e aquilo… Todo blogueiro passa por fases assim, ainda mais quando faz outras coisas prá ganhar a vida e não vive do blog — economicamente falando. Mas é fato que, quando não se trata de um blogueiro que vive para o blog ou que vive do blog, nem sempre publicar alguma coisa é a prioridade (item 5 do Sérgio ;D).

Tá bem, não tenho desculpas… Mas algumas justificativas, vá… E bemmm pessoais… Como o fato de já ter ganho presente neste último dia dos pais 😀 Meio antecipado, é fato, porque é prá janeiro… Mas tá sendo muito bacana 🙂 E se meu blog tivesse um tom um pouquinho mais pessoal, eu talvez ocupasse muitos megabytes de espaço em descrições do que isso muda na cabeça dos marinheiros de primeira viagem… Mas não é 😛 … E os papais experientes considerariam no mínimo chato. Então, me reservo o direito de guardar essas alegrias, medos e anseios comigo…

No entanto, há mais coisas acontecendo, também na vida profissional. É um período de mudanças importantes, que estão exigindo um melhor planejamento e aproveitamento do tempo. Por isso resolvi buscar formas de melhor usar as ferramentas de organização pessoal e produtividade que já conhecia. Além, claro, de me forçar a uma mudança de hábitos…

As noites em claro já começaram a rarear e a dar lugar a caminhadas pela manhã bem cedo, momento em que posso ouvir vários podcasts de diversos assuntos, graças ao celular (o Sonyericsson z530i), que funciona como mp3player e sincroniza muito bem com o Amarok (na minha opinião, devendo muito pouco à dupla iPod + iTunes). Nada mais integrado para um usuário Linux!

No campo do entretenimento, as séries que gosto de acompanhar, já que não tenho muito mais tempo de ver TV à noite, são gravadas no HD (ou baixadas) e convertidas para serem assistidas no Palm (um já obsoleto TE2), com o Mencoder mesmo, tudo em linha de comando; depois que a gente pega o jeito, é o modo mais prático.

Aliás, o Palm voltou a ser usado também para organizar a vida, como o era desde o princípio. Depois de apanhar um pouco, descobri o caminho das pedras para colocá-lo sincronizado com o Korganizer (sim, nada mais apropriado para um usuário KDE), através do Kpilot. O segredo, usando uma versão recente do “pilot-xfer” (que é quem faz a coisa funcionar), é colocar no “device” apenas “usb:”.

A última barreira era a convergência de muitas agendas numa só ferramenta: as agendas dos clientes, que tenho que acompanhar, a agenda dos projetos e trabalhos da Nova Onda, a agenda pessoal (não quero perder nenhum ultrasom!!!), a agenda do Portal/Revista Vigília… O Google ajudou muito nesta hora. Primeiro, com o GCalendar, que permite importar diferentes tipos de agendas. Depois, com o iGoogle, que virou definitivamente minha página de entrada no Firefox graças à habilidade de apresentar as entradas do GCalendar, aniversários do Orkut (isso era um problema. Me sentia sempre culpado. Entro muito pouco lá e sempre perdia a chance de felicitar os amigos) e um monte de outras informações, de notícias selecionadas a previsão do tempo.

A última grande descoberta foi o GCalDaemon, a cereja do bolo! Esse aplicativo java (e por isso mesmo multiplataforma) permite ao leitor de calendários padrão (a maioria deles, mas, no meu caso específico, o Korganizer) manter comunicação de duas vias com o GCalendar (e não apenas em modo somente leitura). Assim, a administração de todas essas agendas pode ser feita agora via Palm, não apenas com a consulta, mas também para adição e edição de eventos!

Pronto. Finalmente as experiências e aprendizados de noites a fio estão convergindo para coisas úteis… E é fato… Organização funciona… Já dedico mais tempo à família. Estou dormindo mais. Conseguindo ser mais produtivo… Até escrevendo aqui novamente eu já estou!!! 😉