Fim… por inteiro ou pela metade
Dia de eleição. Enfim, o fim. Nos últimos 8 ou 9 meses, dediquei boa parte do
meu tempo ao trabalho de marketing político e eleitoral de algumas dezenas de
candidatos. Tudo isso esperando (uma expressão mais fiel seria “procurando
prever ou direcionar”) o dia de hoje. Mas cada eleição é uma realidade diferente
e, por vezes, surpreendente. Assim, só os números finais são capazes de mostrar
o que realmente aconteceu. Em poucas horas, será conhecido o resultado. Em
algumas cidades, definitivo; o fim. Em outras, é possível, apenas o “meio do
fim”, o soar do gongo que dá início à outra eleição: o 2° turno. ::Via Palm –
Plogit + T68i::