Os garotos
poderiam ao menos estudar um pouco mais sua língua natal antes de se embrenharem
nas entranhas do idioma dos bits, de zeros e uns… Sobretudo neste dialeto em
especial, sombrio e criminoso, de “spammer” maldoso. Evitariam a produção dos
“analfatrojans”, como este, que acaba de pingar numa das minhas caixas postais:
To: humortandela@humortandela.com Subject: Você recebeu um Humortandela… Não,
pensando melhor, é bom continarem leigos no idioma. Assim a execução sumária,
digo, a exclusão sumária direto no servidor, resta menos dolorosa…
::Via Desktop::